home       contato      

Notícias

 
População de lobo marinho endêmico se mantém estável em Galápagos

Casal de lobos marinhos 'se beija' na praia Man, em Puerto Baquerizo, ilha de Sán Cristóbal, arquipélago de Galápagos - Foto de Pablo Cozzaglio/AFP/Arquivo matéria AFP

Casal de lobos marinhos 'se beija' na praia Man, em Puerto Baquerizo, ilha de Sán Cristóbal, arquipélago de Galápagos - Foto de Pablo Cozzaglio/AFP/Arquivo matéria AFP

A população de uma espécie endêmica de lobo marinho que habita a ilha San Cristóbal, uma das principais do arquipélago equatoriano de Galápagos, se mantém estável ao crescer de 1.398 em 2011 a 1.496 em 2012, informou esta sexta-feira o Parque Nacional de Galápagos (PNG).

A reserva informou em um comunicado que um censo em San Cristóbal "reflete a estabilidade da população" de lobos marinhos da espécie Zalophus wollebaeki, que é endêmica na região insular (1.00 km à frente da costa equatoriana) e que está em plena lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) por correr risco de extinção.

Segundo a fonte, o censo foi realizado entre as dez maiores colônias dos mamíferos nesta ilha para "saber o estado atual das populações".

O PNG destacou que em 2012 foi elaborado um plano de manejo para a conservação do lobo marinho em San Cristóbal com vistas a assegurar a manutenção e recuperação de sua população, "prevendo e mitigando os impactos antropogênicos diretos e indiretos a que estão expostos".

Há trinta anos, Galápagos foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco por sua flora e fauna únicas no mundo.

As ilhas, cujo nome se inspira nas tartarugas gigantes que vivem ali, serviram de laboratório para o cientista inglês Charles Darwain, autor da teoria sobre a evolução das espécies.









NÓ DE MARINHEIRO
clique para fazer o download


CÓDIGO INTERNACIONAL
BANDEIRAS E FLÂMULAS